Publixer Magazine| Home
Passagem de Romário por BC deu o que falar

Passagem de Romário por BC deu o que falar

0 Comentários 🕔11.out 2015

Uma mistura de devoção e imbecilidade

 

11218876_927715463943162_5657489310648546612_n

Romário foi artilheiro do Campeonato Brasileiro por três vezes, foi artilheiro da Champions League por duas vezes. Com a camisa do Barcelona, em 33 jogos fez 30 gols, artilheiro do campeonato espanhol; artilheiro do campeonato holandês com a camisa do PSV; 1994, com a camisa da seleção fez 5 gols no título do tetra nos EUA. Para quem acompanha futebol, como eu, esta parcela do currículo do baixinho é o suficiente como credencial para ser considerado um dos maiores artilheiros da história do futebol. Tinha um faro de gol como ninguém, por isso é tratado como ídolo por onde passa, nem que seja na condição de político.

Pois Romário passou por BC trazido pelas mãos do deputado Fabrício Oliveira, seu companheiro de PSB. O que seria uma agenda política acabou se transformando em um grande movimento de bajulação do baixinho. Nas redes sociais fotos com Romário competiram com a dos facebukeiros que adoram colocar fotinhos em homenagem ao dia da criança. Não importa se é desse ou daquele partido. Vimos fotos de Romário na night na companhia do prefeito ERD (no destaque) e, também, vimos membros do reservado grupo de apoio à candidatura de Fabrício tietando o baixinho em fotos no facebook.

Aqueles que levam tudo por trás, nunca gostaram de futebol, ou são imbecis mesmo, trataram de desconstruir a imagem de Romário porque ele não cumpriu a sua agenda social de manhã como estava previsto. Tentaram rotulá-lo de baladeiro como se isso fosse abalar alguém que sempre foi da noite. É a mesma coisa xingar o Stédile de comunista como se ele fosse se ofender. Romário sempre foi assim. Errou quem fez a agenda de Romário que acabou visitando as entidades no período da tarde, e especial a Apae onde ele dedicou em seu Facebook diversas fotos e palavras de carinho.

Pois a passagem de Romário por BC deu o que falar, como não poderia deixar de ser.

Artigos semelhantes

Covarde e fascista

Covarde e fascista 0

  Nesta segunda-feira fui surpreendido por um texto covarde, escroto, vomitativo (como diria Peninha Bueno) que

Co(a)lun(i)a do Bola LXXIX

Co(a)lun(i)a do Bola LXXIX 0

  É véspera E quando é véspera de eleição retornam os diálogos entre “adversários”. Essa foto aí

Co(a)lun(i)a do Bola LXXVIII

Co(a)lun(i)a do Bola LXXVIII 0

  Padrão palet de segurança O que uma pandemia não é capaz? Para isolar o acesso ao

“Pode-se odiar a intempérie sem amar a jaula?”

“Pode-se odiar a intempérie sem amar a jaula?” 0

                        “Cada uma de minhas

Co(a)lun(i)a do Bola LXXVII

Co(a)lun(i)a do Bola LXXVII 0

  Ufa! Até que enfim! A Rua São Miguel é uma válvula de escape para os costumeiros

Sobre o autor

Bola Teixeira

Bola Teixeira

Jornalista, amante de blues e do bom e velho rock and roll, sediado em Balneário Camboriú - SC, mas com os olhos e ouvidos abertos para os acontecimentos do mundo.

Ver mais artigos 🌎Visitar o site Envie um e-mail

Sem comentários

Nenhum comentário.

Ninguém deixou um comentário neste artigo.

Deixe um comentário


Warning: Illegal string offset 'rules' in /home/storage/d/8a/f8/garfada/public_html/publixer/wp-content/themes/piccione-theme/functions/filters.php on line 157

Warning: Illegal string offset 'rules' in /home/storage/d/8a/f8/garfada/public_html/publixer/wp-content/themes/piccione-theme/functions/filters.php on line 158
<

5 × 4 =