Publixer Magazine| Home
Sincomércio e CDL apresentam reivindicações ao prefeito de Balneário Camboriú

Sincomércio e CDL apresentam reivindicações ao prefeito de Balneário Camboriú

0 Comentários 🕔26.nov 2015

Prefeito promete, promete e promete

 

reunião-com-prefeito-01As diretorias da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e do Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista (Sincomércio) de Balneário Camboriú estiveram reunidas com o prefeito Edson Renato Dias, o Piriquito, para debater assuntos como fiscalização, horário do atendimento bancário, questão indígena, construção do Centro de Eventos e Natal, temas considerados pelas entidades de grande importância para o desenvolvimento da cidade. O encontro durou cerca de três horas e serviu também para discutir assuntos como alargamento da faixa de areia e  segurança.

Na reunião, o prefeito se comprometeu em convocar um encontro para discutir uma alternativa para resolver a questão indígena nas ruas de Balneário Camboriú dentro de, no máximo, 10 dias. Ele também se comprometeu a intensificar a fiscalização sobre o comércio ilegal, envolvendo a participação de representantes das secretarias Planejamento, Meio Ambiente, Fazenda e Obras durante a temporada de verão.

De acordo com o presidente do Sincomércio, Hélio Dagnoni, existe uma grande preocupação com o comércio ilegal de ambulantes na área central e orla do município, que tem se multiplicado, prejudicando e desmotivando os comerciantes já estabelecidos.

O prefeito viu com bons olhos o posicionamento das entidades e manifestou total apoio às reivindicações da categoria. Piriquito apontou ainda a importância das parcerias com entidades classistas como forma de viabilizar projetos de cunho comercial e social. Com relação a questão indígena, segundo o prefeito, é preciso encontrar uma solução que, pelo menos, amenize a situação.

Já com ao horário bancário, o prefeito prometeu não medir esforços para tentar reverter a situação. A direção das duas entidades solicitaram ao prefeito que entre com uma ação pedindo a revogação da liminar que derrubou a lei municipal que alterava o horário de funcionamento dos bancos. A Vara da Fazenda Pública de Balneário Camboriú deferiu liminar em favor da Federação Nacional dos Bancos (Febraban), suspendendo a lei municipal que alterava o horário de funcionamento das agências das 10h às 15h para 11h às 16h.

Assessoria de Imprensa

 

Artigos semelhantes

Licitação: 600 mil bateram asas

Licitação: 600 mil bateram asas 0

  O governo FO/CH dormiu no ponto. Ficou praticamente seis meses sem uma agência de publicidade.

Lucas Gotardo posiciona-se contra proibição da parada gay

Lucas Gotardo posiciona-se contra proibição da parada gay 0

  O vereador Lucas Gotardo é o única figura pública a se posicionar contrário a proibição

Dois anos do Sarau da Tainha

Dois anos do Sarau da Tainha 0

  Se há um evento cultural que deve ser valorizado em Balneário Camboriú este é Sarau

Sombrias Estações

Sombrias Estações 0

  A exposição Sombrias Estações, do jornalista Nildo Teixeira de Melo Jr., retrata as estações de

Clima de revolta na GM

Clima de revolta na GM 0

  A Publixer Magazine apurou que houve uma reunião interna na secretaria de segurança onde foi

Sobre o autor

Bola Teixeira

Bola Teixeira

Jornalista, amante de blues e do bom e velho rock and roll, sediado em Balneário Camboriú - SC, mas com os olhos e ouvidos abertos para os acontecimentos do mundo.

Ver mais artigos 🌎Visitar o site Envie um e-mail

Sem comentários

Nenhum comentário.

Ninguém deixou um comentário neste artigo.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

 

O que você procura?

Comentários recentes.

luiz

luiz

Se os imbecis usam piruka, então temos que tirar a

VER ARTIGO
klaus

klaus

vai ser fueda!!!! como sempre!!!! aquilo é um espetáculo, fui

VER ARTIGO
Cesar

Cesar

Filme velho, já estão igual ao anterior. Pra se eleger

VER ARTIGO