Publixer Magazine| Home
As sacanagens, a tolerância zero e as lendas analógicas

As sacanagens, a tolerância zero e as lendas analógicas

0 Comentários 🕔15.jul 2016

Aloprados cibernéticos serão farejados

 

foto-(27)Na mesa, PF Olodum e os advogados Lucas Zenatti, Carlos Eduardo Ferreira e Douglas Beber Rocha 

“Tolerância zero” as “sacanagens” e “babaquices que não deixam digitais”. As aspas são partes da mensagem do advogado Carlos Eduardo Ferreira na entrevista coletiva convocada pelo PSB para anunciar que as difamações contra o candidato a prefeito Fabrício Oliveira partiram de um IP da prefeitura de Balneário Camboriú.

Acompanhado na mesa por mais dois advogados e a simbólica presença do policial federal Olodum, Ferreira relatou o que foi providenciado judicialmente após a denúncia noticiada pelo Jornal Página 3 há praticamente um mês e a decisão caneteada pelo juiz eleitoral Roque Cerutti com a quebra do sigilo que apontou um IP da prefeitura como origem as calúnias contra o candidato a prefeito.

“A decisão do juiz foi feliz e pedagógica”, afirmou Ferreira reafirmando a disposição de coibir o que ele chamada de “a velha prática da velha política” através de um serviço de inteligência permanente até o último dia da campanha eleitoral.

Enquanto ouvia o advogado falar um filme passou pela cabeça das antigas eleições municipais nos tempos do mundo analógico cujas sacanagens não deixaram digitais e acabaram virando lenda. Lembro de duas ações que viraram lenda: na eleição de Luis Castro, em 92, circulou um panfleto xerocado com as figuras de Castro, Dado e Pavan um enrabando o outro; em 96, na eleição de Pavan, choveram notas de dólares com a cara de Pavan estampada, lançadas de um teco teco qualquer.

Só que agora é tudo digital. Os terroristas de plantão têm poucas chances para produzirem lendas.

 

Artigos semelhantes

Co(a)lun(i)a do Bola XXI

Co(a)lun(i)a do Bola XXI 0

Nada de vender O governo anunciou que quer vender terrenos públicos. Aí vi a foto de um

Co(a)lun(i)a do Bola XX

Co(a)lun(i)a do Bola XX 0

    Tomate ou maconha? “Não são uns tomates ou uma maconhinha que plantaram ali?”. Comentário da dona

Co(a)lun(i)a do Bola XIX

Co(a)lun(i)a do Bola XIX 0

    Nosso pulmãozinho Essa floresta da foto resiste aos interesses imobiliários há muitos e muitos anos. Está

A quadra da discórdia e da concórdia

A quadra da discórdia e da concórdia 0

  A quadra de padel que está há um tempo na Praça Tamandaré é motivo de

Co(a)lun(i)a do Bola XVIII

Co(a)lun(i)a do Bola XVIII 0

    Memória Por conta de pesquisas que venho realizando sobre a história da cidade fui encontrar esta

Sobre o autor

Bola Teixeira

Bola Teixeira

Jornalista, amante de blues e do bom e velho rock and roll, sediado em Balneário Camboriú - SC, mas com os olhos e ouvidos abertos para os acontecimentos do mundo.

Ver mais artigos 🌎Visitar o site Envie um e-mail

Sem comentários

Nenhum comentário.

Ninguém deixou um comentário neste artigo.

Deixe um comentário


Warning: Illegal string offset 'rules' in /home/storage/d/8a/f8/garfada/public_html/publixer/wp-content/themes/piccione-theme/functions/filters.php on line 157

Warning: Illegal string offset 'rules' in /home/storage/d/8a/f8/garfada/public_html/publixer/wp-content/themes/piccione-theme/functions/filters.php on line 158
<

vinte + catorze =

 

O que você procura?