Publixer Magazine| Home
Redlands: 50 anos da prisão de Jagger e Richards

Redlands: 50 anos da prisão de Jagger e Richards

0 Comentários 🕔11.maio 2017

Quando o stablishment promoveu definitivamente os Stones

 

 

O início dos anos 60 foram revolucionários do ponto de vista comportamental na conservadora sociedade britânica. Os Stones surgiram em 1963. Os jovens cabeludos começaram a arrebatar uma multidão de jovens e provocar muitos estragos aos padrões estabelecidos. Seus primeiros shows costumeiramente não terminavam. O palco era sempre invadido por jovens enlouquecidos com o som produzido pelos Stones baseado no blues. Os amigos Keith e Mick que se conhecerem num ônibus, mais Brian (para quem não sabe quem criou a banda), Watts e Wymann eram os “agentes” da revolução.

O documentário Charlie is my Darling, de 65, é o primeiro filme dos Stones e retrata a loucura de dois dias numa rápida turneé pela Irlanda. O doc (cujo nome, coincidência ou não, é retirado de uma entrevista onde uma fã diz que Charlie Watts é seu querido por incrível que pareça) mostra como eram os shows invadidos e as reações passivas dos stones como se dissessem façam o que bem entenderem.

Nestas alturas os meninos foram transformados em inimigos públicos número um da sociedade britânica. Era preciso fazer algo. O chefe de polícia Norman Pilcher assumiu o papel de algoz de tudo aquilo que estava surgindo, inclusive a inserção das drogas na cultura da juventude britânica. Os Stones seriam o alvo central porque eram eles que representavam tudo aquilo, afinal os Beatles, ou os Fab Four, seguiam a linha dos garotos certinhos. Até que Keith Richards fez uma festa aos mais chegados na sua casa de campo em Redlands. Uma operação foi desencadeada graças a perseguição do sensacionalista News of the World e Keith, Mick e mais o marchand amigo Robert Fraser foram presos. Era o que precisava para que essa nova geração reagisse. Os dois stones ficaram pouco atrás das grades e graças a repressão do stablishment foram transformados na maior banda – e a mais milionária – de todos os tempos.

Toda a história fundamental para entender o início de tudo está no ótimo livro Encurralados – Os Stones no Banco dos Réus, de Simon Wells. Leitura obrigatória. As fotos que ilustram a matéria são de Michael Cooper, fotógrafo amigo da turma que estava em Redlands na fatídica festinha.

Artigos semelhantes

Fora o baile

Fora o baile 0

  Por incrível que pareça o time de Renato Gaúcho jogou o melhor futebol do ano.

Tem nome novo na galeria da Nascar

Tem nome novo na galeria da Nascar 0

  O piloto do carro 78 fez uma temporada irretocável. Foram oito vitórias e só as

Caro Morrissey…

Caro Morrissey… 0

  Geralmente as contracapas dos livros vem recheados de opiniões a respeito deles mesmos. Com Caro

A vergonha italiana

A vergonha italiana 0

  A última vez que isso aconteceu foi na Suécia, em 1958, por ironia do destino o

Mercado de livros impressos aquecidíssimo

Mercado de livros impressos aquecidíssimo 0

  Já em março os número já indicavam para o aquecimento da venda de livros impressos

Sobre o autor

Bola Teixeira

Bola Teixeira

Jornalista, amante de blues e do bom e velho rock and roll, sediado em Balneário Camboriú - SC, mas com os olhos e ouvidos abertos para os acontecimentos do mundo.

Ver mais artigos 🌎Visitar o site Envie um e-mail

Sem comentários

Nenhum comentário.

Ninguém deixou um comentário neste artigo.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

 

O que você procura?

Comentários recentes.

Beto

Beto

E pensar que curti todas estas atraçoes na Barra Sul

VER ARTIGO
Bola Teixeira

Bola Teixeira

passa aqui em casa e pega um exemplar...

VER ARTIGO
Cesar Borges

Cesar Borges

Oi Bola, onde compro a biografia do seu Klaus? Abs Cesar

VER ARTIGO