Publixer Magazine| Home
“Se eu pudesse dar uma medalha para cada GM”

“Se eu pudesse dar uma medalha para cada GM”

0 Comentários 🕔01.jun 2017

Castanheira fala do Bairro dos Municípios e critica ignorantes e imbecis

 

Em entrevista ao Programa do Bola, na noite de terça-feira na Transamérica, o Secretário de Segurança Gabriel Castanheira fala sobre o primeiro mês de ocupação do Bairro dos Municípios que ele chama de fenômeno de estagnação e detona vereadores. Acompanhe o trecho da entrevista que ele fala sobre a operação:

Castanheira – Quando eu falo que estamos no bairro dos municípios a intenção não é só espantar os usuários, enfraquecer o tráfico através da presença fixa desse fenômeno que chamo de estagnação e que alguns ignorantes falam que fiz uma base fixa…

Bola Teixeira – … pera aí… os caras vivem metendo o pau que tu não fazes base fixa agora tão metendo pau porque você fez base fixa?

Castanheira – Eles falam que não tenho posicionamento. Que eu não sei o que eu quero. A questão é que este fenômeno chamado de estagnação não é uma base fixa. É um fenômeno que você faz porque você tem que perceber determinadas situações. E você quer provocar determinadas situações. Quando você faz e vê que está provocando reações e você está provocando estas reações, uns débeis mentais olham e dizem isso e aquilo e aquilo outro… dá vontade de dizer para apertar a tecla Sap, imbecil, porque é isso que quero. Quero que eles saiam dali e vão para outro lugar que se movimente para que eu possa perceber a movimentação dele, mas não deixar ele se instalar. É aquela coisa. Discutir com ignorante, com pessoas que não tem o mínimo de conhecimento…

… alguém que diz que entende de segurança e que fala EU SEI, EU SEI, engrossa a voz, engrossar aquela voz é difícil… EU SEI EU SEI, nossa! É uma coisa que você olha e pensa meu Deus“.

 

 

Bola Teixeira – … pior que são ignorantes e se acham autoridade.

Castanheira – Aí que está. Por isso que eu digo. Você não precisa saber disso. Você não é obrigado a saber disso, a maioria da população também não é obrigada a saber. O traficante não é obrigado a saber disso, mas alguém que diz que entende de segurança e que fala EU SEI, EU SEI, engrossa a voz, engrossar aquela voz é difícil… EU SEI EU SEI, nossa! É uma coisa que você olha e pensa meu Deus.

Bola Teixeira – Isso não é exclusividade, eu vejo cada coisa…

Castanheira – … técnico em segurança e técnico de futebol é o que mais temos no Brasil. A internet deixou muita gente corajosa. Se manifestam numa forma meio contundente pelas redes sociais…

Bola Teixeira – … ativista de pijama…

Castanheira – … exatamente. Mas entender realmente do que acontece você já percebe que com um comentário desse o cara não sabe nem do que está falando. Eu não posso nem ouvir estas pessoas. Eu ouvindo essas pessoas estou dando demais do que elas merecem. Então deixa falar, porque, coitado é um analfabeto em segurança.

Em outro trecho da entrevista o secretário de segurança fala sobre os primeiros efeitos da ocupação e volta a criticar as “autoridades em segurança de plantão”. Acompanhe:

Castanheira – Se eu pudesse dar uma medalha para cada GM que está fazendo aquilo ali eu daria, porque é o que temos de mais cansativo, esgotante e estressante. Hoje completou um mês dessa operação…

Bola Teixeira – … Mumu sitiado…

Castanheira – … e isto está dando certo porque os operadores que estão lá, eles estão com vontade, eles estão ouvindo a população, eles estão atendendo a população, isso que está dando resultado.

Bola Teixeira – A população de bem deve estar sentindo tipo vocês são meus amigos.

Castanheira – Cada vez que eu escuto, que alguém fala pra mim agradecendo o que está sendo feito lá no Bairro dos Municípios… a população estava refém da criminalidade ali. Então quando eu escuto alguns dizerem … eu vou ter que dizer aqui, Bola, me desculpe. Um vereador que não é aquele que nós já conhecemos que quer que eu me vista melhor, ele falou o Castanheira entrou no Bairro dos Municípios e os caras estão vindo tudo para a Atlântica agora. Então vou apertar a tecla Sap. Traduzindo o que ele disse: o Bairro dos Municípios – no entendimento desse vereador da mesma bancada do Nilson – tem que absorver o tráfico, tem que absorver os usuários para que as pessoas na Atlântica possa viver bem. Isso é um pensamento egoísta que transforma a cidade no caos. As pessoas são egoístas. Elas não veem o que acontece além do seu portão. Balneário fechou os olhos para as ações irregulares. Elas tomaram uma proporção que hoje elas sentem na pele. Então, nós temos que entender que dentro de uma cidade, o problema é de todo mundo. Não é porque você está longe, porque mora na Atlântica e o problema está no Bairro dos Municípios que ele não reflete aqui. Uma hora ele vai refletir e não é justo que os moradores do Bairro dos Municípios sofram para que a Atlântica tenha uma vida melhor. Então, enquanto eu estiver à frente da secretaria de segurança vou olhar estas regiões onde a criminalidade se instala de uma maneira diferenciada. Então se as pessoas acham que está ruim a Atlântica com muita gente usando droga – porque diminuiu muito – não vai conseguir parar com tudo. Não vai parar. Não vamos conseguir. É ilusão pensar isso. Mas se está ruim para esse pessoal vamos olhar um pouco para quem estava no Municípios sofrendo eu não digo nem o dobro, mas sim vinte mais como reféns dentro de suas casas.

Bola Teixeira – Chama o Batman.

Castanheira – Batman tá cansado.

Fotos: Rafael Weiss

 

Artigos semelhantes

Mortos nem por 26 reais ao ano

Mortos nem por 26 reais ao ano 0

  Desde março o Departamento de Patrimônio da Prefeitura de Balneário Camboriú vem notificando familiares de pessoas enterradas

Muro da Secretaria do Idoso grafitado: elogio e crítica

Muro da Secretaria do Idoso grafitado: elogio e crítica 0

Está praticamente pronto o grafite que cobre o muro da secretaria do idoso, na Rua

Bertelli não é mais o secretário de administração

Bertelli não é mais o secretário de administração 0

  O prefeito Fabrício Oliveira teria chamado Edson Bertelli na sexta-feira para convidá-lo a assumir o

A memória dos idosos

A memória dos idosos 0

  Depoimentos resgatam memórias de histórias de idosos que participam da oficina Histórias da Minha Vida, que

Operação tapa buraco até agosto

Operação tapa buraco até agosto 0

  Buraquinho na Rua México Por determinação do prefeito FO, o contrato com a PLM homologado em

Sobre o autor

Bola Teixeira

Bola Teixeira

Jornalista, amante de blues e do bom e velho rock and roll, sediado em Balneário Camboriú - SC, mas com os olhos e ouvidos abertos para os acontecimentos do mundo.

Ver mais artigos 🌎Visitar o site Envie um e-mail

Sem comentários

Nenhum comentário.

Ninguém deixou um comentário neste artigo.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *