Publixer Magazine| Home
Muita política conduz a Sérvia na pandemia

Muita política conduz a Sérvia na pandemia

0 Comentários 🕔17.jun 2020

Futebol e tênis com público, sim, escolas, cinemas e... comícios, não.

Imagens vindas da Sérvia deixa o público ocidental curioso, afinal o “que se passa” na Sérvia? Aleksandar Vucic está em campanha política (eleições por agora). Quando no dia 14 de março foram registrados 47 casos em um país de 7 milhões de habitantes, Vucic declarou estado de emergência que se estendeu até 17 de maio.

Ao contrário do ignóbil presidente do Brasil, Vucic não se comportou como um negacionista. Ele capitalizou para si toda a situação. Segundo reportagem publicada na Isto É, “em março, o Partido do Progresso (SNS, oficialista) ocupou 99% do horário nobre em cinco redes nacionais de televisão, de acordo com a rede de monitoramento de mídia CRTA. Em abril, a taxa caiu para 92%”. A grande maioria da população aprova seu comportamento.

Na mesma Isto É: “a ONG Freedom House acredita que a Sérvia não é mais uma democracia, mas um ‘regime híbrido’ com um chefe de Estado usando ‘as mesmas ferramentas antidemocráticas’ que o húngaro Viktor Orban”. Enfim, praticamente um Bolsonaro às avessas.

Desde 1o de junho as atividades esportivas ao ar livre estão liberadas “desde que seja respeitada a distância social”. Justamente o que não se viu em dois eventos que repercutiram por todo o planeta. O clássico Partizan e Estrela Vermelha reuniu 25 mil pessoas com todos os ingredientes de uma situação de normalidade. O evento promovido por Novak Djokovic também expôs ao mundo como é encarado o vírus na Sérvia, ou seja, como se ele não existisse. A imagem de Djoko saiu arranhada após o evento. Quem gosta do tenista ficou de nariz torcido. Quem já não gostava de Djoko o torneio e a boate cheia de gente foram motivos para reforçar sua rejeição.

Por outro lado, segundo a reportagem da Isto É “escolas, cinemas e vários outros locais públicos permanecem fechados, comícios partidários estão proibidos e grandes manifestações também não podem ser realizadas”. Bolsonaro não é Vucic.

Foto: site oficial tennis365

Artigos semelhantes

Um filme perfeito

Um filme perfeito 0

  Todo o roteiro gira em torno de um corpo jogado no fundo do poço como

Os últimos soldados da guerra fria

Os últimos soldados da guerra fria 0

  O livro é melhor que o filme, quem já não ouviu essa frase? E geralmente

Um road movie pelo deserto

Um road movie pelo deserto 0

  Basta se apresentar como um road movie para despertar o interesse de como será a

Neil Young eterno (ou) mais um álbum resgatado

Neil Young eterno (ou) mais um álbum resgatado 0

  Neil Young é um cara fantástico. Sua razão de viver é a música. Quem leu

Abaixo o simbolismo! Viva o sistema!

Abaixo o simbolismo! Viva o sistema! 0

O assassinato covarde de George Floyd reacendeu o sentimento de revolta que levou milhares de

Sobre o autor

Bola Teixeira

Bola Teixeira

Jornalista, amante de blues e do bom e velho rock and roll, sediado em Balneário Camboriú - SC, mas com os olhos e ouvidos abertos para os acontecimentos do mundo.

Ver mais artigos 🌎Visitar o site Envie um e-mail

Sem comentários

Nenhum comentário.

Ninguém deixou um comentário neste artigo.

Deixe um comentário


Warning: Illegal string offset 'rules' in /home/storage/d/8a/f8/garfada/public_html/publixer/wp-content/themes/piccione-theme/functions/filters.php on line 157

Warning: Illegal string offset 'rules' in /home/storage/d/8a/f8/garfada/public_html/publixer/wp-content/themes/piccione-theme/functions/filters.php on line 158
<

5 × 2 =